• Autor citado no texto

Qual a real importância do controle interno na gestão financeira?

O controle interno deve ser exercido dentro de cada instituição, sendo de extrema relevância para verificar a conformidade dos processos de pagamento, contratação de pessoal, contratação de serviços e outros fatores que possam interferir na situação e gestão financeira de uma organização.


Como controle interno podemos definir todo o planejamento de organização, incluindo os métodos e medidas adotadas por uma empresa para proteger o seu ativo, averiguando com exatidão e fidelidade os dados contábeis, desenvolvendo eficiências operacionais a fim de proporcionar o correto cumprimento com as diretrizes administrativas estabelecidas.


No que diz respeito à gestão financeira, o controle interno desempenha uma importante função ao resguardar entidades públicas promovendo soluções preventivas para as áreas de contabilidade, financeira, econômica, patrimonial e administrativa. Sendo seu principal intuito orientar a administração pública, para preservação dos recursos e proteção dos bens patrimoniais.


Ao implementar um sistema de controle interno, notou-se que a medida que o mesmo se intensifica, ocorre uma ação mais preventiva, o que dificulta o ocasionamento de falhas durante os processamentos de compras, pagamentos e demais questões financeiras da instituição, atestando que o controle interno é uma ferramenta importante, que ao interagir com o controle externo, pode auxiliar na conservação e no uso adequado do dinheiro público.


Descubra no texto a seguir como funciona o controle interno e de que forma ele pode auxiliar numa melhor gestão financeira das organizações.


Confira de que forma a controladoria interna pode melhorar a gestão financeira


Um sistema de controladoria interna tem como intuito prevenir a ocorrência de riscos que possam prejudicar o andamento das ações, principalmente no que se refere as questões financeiras, dificultando assim que a instituição alcance seus objetivos.


Portanto, cabe à controladoria interna buscar meios para mitigar eventuais erros, falhas ou fraudes no decorrer da execução das atividades institucionais, implantando técnicas operacionais, oferecendo orientação, monitoramento e implementação de um sistema eficaz para promover o controle.


Podemos concluir então, que os controles internos tratam-se de mecanismos, diretrizes e procedimentos que são implementados em uma organização com o objetivo de promover a integridades de seus dados contábeis e financeiros.


Além disso, auxiliam no cumprimento das leis e regulamentações, sendo o controle interno um importante sistema para a melhoria de eficiência operacional de uma empresa como um todo.


Entre os objetivos que se espera alcançar com a implementação de procedimentos e políticas através do controle interno pela administração, destacam-se:


● Proteção dos ativos da empresa;

● Designação das responsabilidades;

● Melhoria na eficiência operacional;

● Estabelecer procedimentos;

● Evitar a ocorrência de fraudes;

● Otimização operacional.


Um bom sistema de controle interno é aquele que promove uma melhor utilização dos recursos da empresa, auxiliando assim, na mitigação de riscos que envolvam o mau uso dos ativos e recursos da instituição.


Mesmo que haja por parte da empresa confiança e credibilidade em seus funcionários, recomenda-se a implantação de um sistema de controle interno, para que em caso da constatação de fraudes financeiras, seja possível reverter a situação e recuperar a reputação da empresa.


Conheça a seguir quais são os tipos de controle interno que podem ser implantados em uma empresa.


Quais os principais tipos de controle interno?


Antes de mais nada, vale ressaltar que cada empresa pode estabelecer o seu próprio sistema de controle interno, e existem alguns modelos que são considerados fundamentais para qualquer organização independente do seu porte.


Entre os principais tipos de controle interno destacam-se:


  1. Controle administrativo - é um sistema que ajuda a empresa a manter suas informações organizadas, bem com a sua gestão. Envolve alguns setores como o de análise estatísticas de lucratividade, controle de qualidade, análise de variações de valores e orçamentos, entre outros. A implementação deste sistema pode promover uma melhor produtividade, além de preparar a empresa para novos negócios e transações, facilitando processos de revisões ou auditorias;

  2. Controle contábil - optar por este sistema pode ajudar a sua empresa a evitar fraudes e roubos, isso porque inclui atividades que auxiliam na revisão de extratos bancários, auditoria interna e outras operações que podem identificar se o dinheiro da empresa está sendo usado para finalidade correta;

  3. Controle de gestão dos recursos humanos - este controle envolve todo tipo de processo relacionado ao recrutamento e seleção de funcionários, treinamento de equipe, supervisão, entre outros. Através da sua implementação é possível estabelecer métodos que ajudem a empresa a mitigar erros, principalmente no que se refere a geração de economia para o empreendimento;

  4. Controle das instalações e equipamentos - esse sistema refere-se a instalação e verificação de sistemas de segurança e demais equipamentos, que promovam a proteção de dados e informações da empresa. Este é considerado de extrema importância pois pode prevenir possíveis fraudes e roubos nas organizações.


Podemos considerar os controles internos parte importante na prevenção de fraudes e demais exposições que uma empresa está sujeita e que possa colocar em risco o seu negócio, podendo ser aplicado nos mais diferentes setores de uma organização.


Além disso, vale ressaltar que para a criação e implementação adequada dos controles internos em uma empresa é importante apresentar conhecimentos específicos de gestão financeira.


Por isso, recomenda-se sempre aprimorar os seus conhecimentos para manter a saúde financeira do seu negócio em dia.


Descubra como implementar um controle interno na sua empresa e otimizar a gestão financeira da sua organização.


Saiba como implementar um controle interno na sua empresa


A implementação de um controle interno irá depender do tipo e tamanho da organização, além disso cada empresa possui características e necessidades próprias. Mesmo que o sistema de controle interno deva ser ajustado conforme as necessidades de cada empreendimento, existem alguns aspectos que devem ser considerados para uma melhor implantação. Veja a seguir.


● Criação de um cronograma que apresente as principais funções e os responsáveis por elas;

● Elaboração de um documento que conste os procedimentos, bem como as práticas de autorização, aprovação, processos e rotinas, e descriminação dos seus responsáveis;

● Investir em uma estrutura contábil adequada, para aplicação das técnicas orçamentárias e de custos, planejamentos de contas e descrições, além de manuais com procedimentos e gráficos de fluxo das transações;

● Realização de auditoria interna para verificação, avaliação e aperfeiçoamento dos controles internos de maneira contínua.


Antes de decidir por um sistema de controle interno, é importante seguir as orientações abordadas acima, além de garantir que o controle interno seja bem estruturado, contratando profissionais que estejam qualificados para atuar desde o seu planejamento até a sua implantação.


Quem pode auxiliar na execução dos controles internos?


Durante o processo de implantação de um sistema de controle interno, pode surgir uma dúvida, de quem é responsável por cuidar desta função. Normalmente, o controle interno é designado a um profissional que possua conhecimentos específicos, oferecendo assim assessoria aos gestores de cada controle interno em uma empresa.


Sendo assim, fica a cargo dos assessores oferecer orientações, sugestões, recomendações e suporte, entretanto, as decisões finais do controle que será implementado são de responsabilidade do gestor.


Implantar um sistema de controle interno nas organizações não é uma obrigatoriedade, porém, pode proporcionar mais segurança e proteção aos bens patrimoniais das empresas.


Sendo seu principal objetivo evitar o desvio de ativos, bem como de prevenir fraudes e promover uma administração transparente e confiável, podendo assim auxiliar na tomada de decisões.


Para uma melhor orientação e assessoria na gestão dos sistemas de controle interno procure a ajuda de profissionais especializados.


Contrate uma empresa especializada para uma consultoria na implementação de controles internos


Se você procura por uma consultoria especializada para te orientar na implementação de controles internos no seu negócio, a TG Perícia é uma referência no setor. A empresa é focada na prestação de serviços diferenciados e de excelência nas áreas de perícia, avaliação, auditoria e consultoria.


Isso só é possível, pois conta com sócios que possuem mais de 15 anos de experiência e vasta atuação em consultoria, perícia e avaliação, além de contar com um histórico de mais de mil pareceres e laudos elaborados.


A sede da TG fica localizada no centro de Brasília e conta com estrutura e instalações modernas e funcionais.


Conclusão


Estamos chegando ao final deste artigo, que abordou sobre a relevância da implementação de controles internos na gestão financeira das empresas. Esperamos que o conteúdo tenha sido de grande importância para que você obtenha uma melhor noção sobre o tema.


Que tal relembrarmos os principais aspectos apresentados neste conteúdo? Primeiro, vimos o que é o controle interno e de que forma ele impacta na gestão financeira das organizações, sendo um importante aliado no que se refere ao uso adequado do dinheiro e bens de uma organização.


Em segundo lugar, apresentamos um panorama de como a controladoria interna pode ser útil para uma melhor gestão financeira com a aplicação de procedimentos e políticas que possam evitar a ocorrência de fraudes financeiras, que prejudiquem a reputação da empresa.


Depois vimos quais os tipos mais comuns de controle interno e como cada um pode ajudar e oferecer melhorias para as empresas e que não existe uma regra para a implementação de controles internos e que cada organização pode optar pelos sistemas que melhor atendam às suas necessidades.


Vimos também que não existe um padrão para a implementação dos sistemas de controle interno, que a escolha dos mesmos deve ser baseada no tamanho e tipo de negócio. Neste tópico abordamos dicas para uma implementação mais assertiva.


Aprendemos que cada controle interno implementado em uma organização conta com um gestor que será responsável por tomar as decisões, e existe a possibilidade de contar com o auxílio de um assessor que oferecerá todo suporte, orientação e sugestões para que o gestor esteja sempre no caminho certo.


Por último, conhecemos a TG Perícia, uma empresa que aposta em prestar serviços diferenciados com excelência, além de contar com uma equipe de profissionais qualificados e experientes para oferecer consultoria especializada para implementação e gestão dos sistemas de controle interno.


Conte com a TG Perícia para auxílio na gestão dos sistemas de controle interno


Se você quer promover uma melhor gestão financeira da sua empresa, investindo na implementação de sistemas de controle interno, a TG Perícia é a melhor solução para buscar por orientação com profissionais com vasta experiência e anos de atuação em consultoria, perícia e avaliação.


A TG oferece seus serviços para empresas dos mais diversos portes e segmentos, apostando em diferenciais e excelência para assim garantir a satisfação de seus clientes.


Não perca a oportunidade de promover o uso adequado do dinheiro e recursos da sua empresa, além de prevenir a ocorrência de fraudes financeiras, apostando em um sistema de controle interno na gestão financeira.


Procure pela orientação dos profissionais da TG e tire todas as suas dúvidas sobre como o sistema de controle interno pode apresentar significativas melhorias para o seu negócio, podendo ser implementado nos mais diversos setores.


Entre em contato conosco e faça um orçamento para contratar nossos serviços de consultoria, estamos à disposição para esclarecer todas as suas dúvidas, quanto a implementação de um sistema de controle interno para otimizar a gestão financeira da sua empresa!

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo